Go Back   Literotica Discussion Board > Non-English Literotica Forums > Portuguese Literotica

Reply
 
Thread Tools

Old 02-13-2016, 02:47 PM   #1
Fantasmassexuai
Virgin
 
Fantasmassexuai is offline
Join Date: Dec 2013
Location: Portugal
Posts: 24
O meu método de trabalho - e as minhas ideias para contos

Com este tópico pretendo 2 coisas:

- mostrar o meu método de "trabalho", a forma como me inspiro em coisas do dia-a-dia

- partilhar algumas ideias para contos que tenho.

Algumas coisas a ter em conta. Muitas das minhas ideias envolvem situações de sexo M/M (ou Homem/Homem em versão portuguesa). Algumas delas até podem ter só M/M. Nunca se utilizam preservativos -hey, é fantasia, ok? Não há sexo "sujo" mesmo quando é anal - já mencionei que são fantasias? - e nunca há dores a sério. Nunca há sexo forçado - há alguma reluctância, mas no final toda a gente tem prazer no que está a fazer.

Convém também avisar que meto muito incesto nas minhas histórias. Há um tópico em que se fala sobre esse assunto e a minha visão é esta - sou adepto de incesto, tanto com os membros masculinos da minha família como com os femininos. É claro que tal não implica que eu na vida real vá alguma vez concretizar esses meus desejos. Para tal basta-me escrever
  Reply With Quote

Old 02-13-2016, 10:20 PM   #2
Fantasmassexuai
Virgin
 
Fantasmassexuai is offline
Join Date: Dec 2013
Location: Portugal
Posts: 24
Então vamos lá começar isto! Não sei como é com vocês mas para mim é extremamente comum começar a ter fantasias com algo do dia-a-dia.

Há sempre um ponto de partida e neste caso esse ponto foi o facto de ter um amigo meu, colega de trabalho também, que me parece um bocado obcecado pelo meu irmão.

Ele tem 25 anos, o meu irmão tem 29 (já agora, eu faço 40 este ano). Pelo que sei, esse meu amigo é completamente hetero (a ex-namorada dele também é minha amiga) e sei que o meu irmão também o é. Mas desde que se conheceram que o meu amigo não tem dia em que não me pergunte por ele. "Manda-lhe um abraço", "está tudo bem com ele?" - é o género de coisa que ouço todos os dias. Quando o meu irmão passa lá pelo meu emprego, passam montes de tempo a falar de futebol e jogos para consolas.

E agora o meu amigo também nos está sempre a convidar a passar lá por casa dele, beber umas cervejas e jogar um bocado. Sei que ele vive só com o pai e que este passa muito tempo fora, visto que é capitão da Marinha Mercante.

Como é que se fantasia a partir desta misturada toda? A opção mais fácil seria partir deste interesse pelo meu irmão e fazer um conto em que eu e o meu amigo nos juntássemos para o levar para a cama. Mas isso partiria do príncipio de que: o meu amigo alinharia num trio incestuoso e que seria abertamente bissexual.

Gosto sempre de "complicar" um bocado mais as coisas. Gosto que a minha personagem principal seja sempre apanhada de surpresa por algo que acontece e que acabe por ceder à luxúria.

Mas chega de "blá, blá, blá" vamos lá passar à ideia que tenho. Mais notas só quando for preciso


O Nuno convida-nos a ir lá a casa e acabamos por aceitar. Vive num apartamento pequeno e nem sequer nos mostra tudo, só a cozinha e a sala com a tv/consola. Ele e o meu irmão tem muita mais pachorra para jogos que eu e basicamente fico lá sentado a vê-los jogar.

A certa altura ouvimos barulho na porta de entrada e aparecem 3 homens. O barco do pai do Nuno atracou e ele vem passar uns dias a casa. Trouxe consigo o imediato - que tal como ele é um cinquentã - e um marinheiro (loiro, género Sueco ou Alemão). Apresentações feitas, o marinheiro senta-se no sofá junto do meu irmão e do Nuno. O pai deste surpreende-me ao pedir para que eu o ajude a levar as coisas para o quarto e o imediato segue-nos.

Chegados ao quarto, reparo em algo estranho: cama de casal mas o quarto pelas roupas que tem espalhadas pertence ao Nuno. Pergunto se não nos enganamos no quarto, o pai responde que só há aquele e ambos desatam a rir. Estupidamente pergunto então onde é que ele dorme e ele responde que dormem os dois na mesma cama. O Imediato acrescenta que "dormir" não é bem o que fazem. Que o Capitão e o filho passam o tempo é a fazer outras coisas.

O pai do Nuno começa então a despir-se enquanto que comenta com o outro homem que se soubesse que o filho ia ter "convidados" em casa, escusava de ter trazido o marinheiro. O Imediato também se despe e quando estão totalmente nús, mandam-me subir para a cama. Digo-lhes que estão malucos...ou no mínimo enganados. Tento sair mas não me deixam.

Perguntam-me se o Nuno não me pagou bem. Se não me explicou que estava ali para lhes dar prazer. Digo que é engano, que não é o que pensam, que eu só estava ali com o meu irmão para tomar uns copos e jogar. Eles ficam um bocado surpreendidos e sem saber o que fazer. Mas o pai do Nuno acaba por dizer que já que estamos os 3 ali, mais vale aproveitarmos.

Explico que não bi, que homens não me interessam, mas eles riem e dizem que eles também não eram, mas estar tanto tempo enfiados em barcos os fez mudar de ideias e lhes "abriram" novos horizontes. Agarra-me e atiram-me para a cama


Entra agora a parte do sexo. Confesso que nestas descrições normalmente não desvio do mesmo esquema - sexo oral e depois sexo anal ou vaginal, consoante o caso. Já me acusaram de ser demasiado pormenorizado - explico as posições em que colocam, onde é que a mão X está a segurar, etc. - mas pronto. Também confesso que normalmente gosto de escrever sempre situações com trios. Mas de volta ao plot.

Depois de uma primeira rodada de sexo com os 2 homens, estes decidem que está na altura do meu irmão também se juntar à festa. É impossível que eles na sala não tivessm ouvido nada, por isso nem nos damos ao trabalho de nós vestirmos e saímos nús para o corredor.

Mas na sala, para meu espanto, as coisas também já não estavam como estavam: o meu irmão está todo entretido com o Nuno e o marinheiro. Os nossos olhares cruzam-se e não dizemos nada um ao outro. O pai do Nuno diz-me para me pôr de 4 no chão da sala e o filho faz o mesmo ao meu irmão. Começamos a ser comidos lado a lado, pela equipa incestuosa de pai e filho. E a noite ainda agora começou


E pronto, aqui ficou o meu primeiro post. É assim que costumo ir juntando as "peças" para as minhas fantasias e futuros contos.

Comentem se quiserem, não levo a mal se não o quiserem fazer.

Last edited by Fantasmassexuai : 02-14-2016 at 08:12 PM.
  Reply With Quote

Old 03-31-2016, 10:36 PM   #3
Fantasmassexuai
Virgin
 
Fantasmassexuai is offline
Join Date: Dec 2013
Location: Portugal
Posts: 24
Visto que estivemos em época de férias, vou aqui deixar algumas ideias para histórias que se podem escrever, passadas nestas datas "festivas".

Na Páscoa normalmente imagino coisas relacionadas com aquela tradição de "dar o ramo à madrinha". Dar o ramo quando se pode dar o "tronco"?

Já tenho 2 histórias mais ou menos alinhavadas sobre isso - uma delas envolve-me a mim a ir passar as férias da Páscoa fora de casa (como aconteceu agora) e subitamente ter que voltar, sem avisar. Ao entrar em casa, deparo-me com um cenário de cuckhold, em que o meu pai está a ser "forçado" a ver o afilhado deles a dar o "tronco" à madrinha, a minha mãe. Como é costume nas minhas histórias, acabo por ser envolvido na mesma, acabando por ter que satisfazer o meu pai enquanto o afilhado deles fica com a mulher da casa.

A outra história envolve só os padrinhos e os seus afilhados. 3 amigos de longa data que são padrinhos dos respectivos filhos uns dos outros, decidem dar aos seus afilhados umas prendas de Páscoa que eles não vão esquecer. 3 prendas bem grandes e grossas, decoradas cada uma com 2 peludos ovos da Páscoa

A ver se amanhã partilho mais algumas ideias sobre o Natal, Carnaval e S.João (que é mais típico do Norte de Portugal, mas é festa que adoro).
  Reply With Quote

Old 04-02-2016, 10:30 PM   #4
Fantasmassexuai
Virgin
 
Fantasmassexuai is offline
Join Date: Dec 2013
Location: Portugal
Posts: 24
O Natal para mim é das épocas em que mais se pode fantasiar, só sendo superada pelo Carnaval. Pessoalmente, acho que aos anos que é apenas uma ode ao consumo, que serve para endividar ainda mais as pessoas e criar falsas expectativas. Sendo assim, gosto de "desfazer" toda esta mística da época.

- uma das coisas com as quais gosto de fantasiar é a da família/casal para os quais o Natal é um noite como outra qualquer (passam o tempo todo nos telemóveis; quase nem falam entre eles; sempre a olhar para o relógio). Quando a meia-noite se aproxima, pimba - aparece-lhes o Pai Natal. Que decide que a melhor maneira de lhes incutir o "espírito" do Natal é uma pequena orgia em que todos vão participar.

- outra ideia que gosto de usar é a do "Krampus" - uma espécie de versão malvada do Pai Natal, que castiga aqueles que se portam mal. Imaginem só as possibilidades que isso abre!
  Reply With Quote

Old 05-31-2016, 10:39 AM   #5
Fantasmassexuai
Virgin
 
Fantasmassexuai is offline
Join Date: Dec 2013
Location: Portugal
Posts: 24
Cá estou eu de volta com mais um dos meus monólogos, lol. Isto de trabalhar e escrever fantasias/contos ao mesmo tempo não é fácil, vai daí o meu silêncio durante estes últimos meses.

Tinha dito que ia falar sobre o S.João e o Carnaval mas pronto...ultimamente tenho andado a pensar e a escrever muito sobre as figuras dos padrinhos - tanto os de casamento como dos outros, dos afilhados. Estes últimos é suposto serem os segundos "pais" dos respectivos afilhados e isso foi sempre algo que me fez fantasiar.

Tenho sorte em ter uns padrinhos espectaculares - casal amigo de infância do meu pai - que sempre me ajudaram quando foi preciso, especialmente em alturas em que os meus pais estiveram para fora de Portugal.

É fácil imaginar que poderiam ter sido eles a iniciar-me no sexo, fazendo-me partilhar a cama deles. Ou então (uma das minhas fantasias preferidas), fazerem-me passar pelo filho deles, concretizando assim as fantasias de incesto de ambos.

Já os padrinhos de casamento...a minha fantasia imediata é estes a ajudarem os noivos na lua-de-mel. Nada melhor do que começar um casamento com uma orgia!
  Reply With Quote
Reply


Thread Tools

Posting Rules
You may not post new threads
You may not post replies
You may not post attachments
You may not edit your posts

vB code is On
Smilies are On
[IMG] code is On
HTML code is Off
Forum Jump



All times are GMT -4. The time now is 10:00 PM.

Copyright 1998-2013 Literotica Online. Literotica is a registered trademark.